5 de mar de 2011

Fantasia de amor

Olá, eu sei que te amo.
E sei que não é engano,
Este meu coração pulsar.

Sei que eu não te conheço
E amo, seu adereço
Enquanto o samba tocar.

Seu gosto então conheço
Sem máscara, reconheço
Todo o encanto quebrar.

E, de pronto, me despeço
E, na folia, esqueço
Nosso enlace desatar.

Olá, eu sei que te amo.
E sei que é só enquanto
Sua fantasia durar.

13 comentários:

  1. Um amor cheio de enigmas. Quem ousaria decifrá-lo?

    www.elasimplesmente.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Ao ler o seu poema, imediatamente me lembrei da composição do Chico Buarque, "Noite dos Mascarados". Talvez, se a Colombina tirasse sua máscara - que é ela mesma - faria com que ambos, o Arlequim e o Pierrô, perdessem a paixão.

    ResponderExcluir
  3. Mari Lins:
    Muito linda a poesia! Continue postando!
    Acessem meu blog: http://absolutas2.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Poesi em ritmo de canaval. A fantasia faz parte do jogo de sedução.

    abraços

    ResponderExcluir
  5. bem no clima do carnaval.
    apesar de que nos carnavais atuais em que a média de parceiros diferentes é 45,77 por dia não está sobrando muito espaço pra poesia.

    ResponderExcluir
  6. Pq lembrei de um samba antigo de pierrot e comlombina q li na sexta serie?

    Adorei seu poema :D

    http://migre.me/4048T

    ResponderExcluir
  7. Romances efêmeros bem presentes no carnaval, mas que acontecem o ano todo... romances que em épocas efêmeras também podem se tornar duradouros.

    ResponderExcluir
  8. Me encontrei com esse poema

    Estou ajudando uma amiga na divulgação do blog, se puder comentar e ajudar...Abraço
    http://gihcamp.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Que gostoso encontrar um blog de poesia. Gostei muito da estrutura do blog e da própria poesia. A questão fonética está soando muito bem, e o título caiu como uma luva.

    se quiser e puder:

    http://memoriaspsicodelicas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Olá, primeiro muito obrigada pela leitura, você soube captar com sensibilidade e inteligencia a atmosfera da minha crônica.

    Criei um projeto chamado Literuta Digital, pra caracterizar e divulgar a literatura feita ne era digital, utilizando-se das ferramentas adequadas para isso como internet, blogs, redes sociais. Acho que seu blog tem haver com o que eu relatei. Se achar interessante leia e deixe sua opinião.

    www.teoria-do-playmobil.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. È, amor de carnaval nao dura.
    Graças a Deus neh.
    Eu nao confiaria em alguem q encontrei na micareta.

    Curti seu blog, vou linkar la no GAZ.

    ResponderExcluir